Esqueci a senha Associe-se

Notícias

Conheça a trajetória de Otávio Carvalho como presidente da RedePETRO PE

Aproximando-se da data de deixar o cargo, o atual presidente relembra o início, as dificuldades e o desenvolvimento da RedePetro durante sua gestão

Desde 2010 oficialmente a frente da Associação RedePETRO Pernambuco, Otávio Carvalho vem consolidando e ampliando o trabalho da instituição. Com a notícia de sua saída do posto abordaremos um pouco de sua trajetória que está intrinsicamente ligada ao desenvolvimento de um dos mais importantes grupos empresariais do estado. Relembraremos um pouco de sua história nesses sete anos de atuação.


O trajeto da RedePETRO começa a ser traçado em 2007, durante um período em que Otávio participou de algumas consultorias sobre o setor metal mecânico no SEBRAE. Lá ele teve a oportunidade de conhecer outros empresários do ramo e de começar a articular parcerias. Os primeiros frutos dessa articulação aparecem em 2008, quando alguns empresários, ao perceberem a movimentação em torno do mercado de petróleo e gás, se juntam a fim de qualificar seus negócios. “Inicialmente chamamos o grupo de Metal Mecânico, mas ao participar da Rio Oil & Gás conhecemos algumas associações chamadas de Rede Petro, que contavam com o apoio da Petrobras e do SEBRAE para sua formação”, explica Otávio.


No ano de 2009 o grupo já apresentava um elo muito forte entre seus participantes. A meta se tornou mais abrangente e atuante, buscando: qualificação, novas oportunidades de negócios, parcerias e sempre visando atender as necessidades das cadeias produtivas de petróleo e gás. “Nesse ano participamos de vários cursos de qualificação, o SEBRAE ofereceu o programa de Redes Associativas onde elaboramos o planejamento estratégico do grupo pra 2009/2010 e a partir daí passamos a nos chamar de Grupo RedePetro Pernambuco”, detalha Otávio Carvalho.


Foi em 2010, durante uma maior movimentação do setor no estado, que a Petrobras firmou convênio com o SEBRAE/PE, com a intenção de dar apoio às empresas da região para que pudessem participar das demandas na refinaria que estaria sendo construída. Otávio diz que “As empresas decidem se juntar e forma uma rede, como tinha acontecido em outros estados. O Grupo então passou a ser uma Associação no dia 20 de abril de 2010, com 19 empresas associadas, conforme a Assembleia Geral Constituinte, tendo sido registrada no 1º Registro de Títulos, Documentos e Pessoas Jurídicas no dia 17 de junho de 2010”.


Um dos primeiros desafios de Otávio a frente da RedePETRO era de conscientizar os associados a mudarem a cultura competitiva, tão enraizada em nossa sociedade, e fazer com que se enxerguem como parceiros e não como rivais. De acordo com o presidente o trabalho era de difundir o associativismo como a melhor forma de fortalecer e melhorar a competitividade dentro dos padrões de exigências atuais do mercado: “isso levou certo tempo, aqueles que se iniciavam na Rede chegavam com certa desconfiança, mas aos poucos começaram a entender o que era proposto. Esse foi o nosso maior desafio”.


As demais dificuldades sofridas pela associação não diferem muito das outras redes no país: falta de conhecimento do mercado; das demandas; do que exigiriam das empresas para inserção; de como competir com outras empresas que estavam chegando.
“Tudo isso nos trouxe algumas dificuldades que foram superadas pela pesquisa de mercado e um diagnostico da situação de todas as associadas. Identificamos o que precisávamos para atender as demandas, descobrimos nossas fraquezas e organizamos cursos e palestras para nossa capacitação. O grupo foi tomado de grande entusiasmo e nos sentimos fortes o bastante, porque ao descobrirmos nossos potenciais elaboramos o planejamento estratégico definindo nosso norte”. Otávio completa afirmando que as várias ações de marketing para divulgação da associação e associadas, a participação em feiras, eventos, missões e o Café de Negócios foram responsáveis por uma maior visibilidade.

Possibilitando-os a serem mais agressivos na prestação de serviços que já eram de qualidade para atender as exigências do mercado.
“Em nenhum momento eu pensei em desistir porque acreditei nos meus objetivos, acreditei naqueles que sempre me acompanharam com muita garra, otimismo e foco. Orgulho-me de ver que valeu o esforço, conseguimos superar as dificuldades mudando a maneira de pensar e as atitudes dos associados da Rede. Todos hoje são mais do que parceiros, são amigos”, finaliza o atual presidente da RedePETRO Pernambuco.
Em tom de despedida Otávio deixa claro que a RedePETRO Pernambuco é uma associação já adulta e que passou por todas as fases que uma pessoa jurídica pode passar. Seu amadurecimento e a cultura do associativismo hoje são reconhecidos por todos os seus associados, mostrando que veio para agregar valores às empresas de Pernambuco.


“Mesmo deixando a presidência em abril as minhas expectativas são de otimismo, toda a nossa família tem administradores competentes e tenho certeza que o próximo presidente, além de competência, trará muitas ações inovadoras e cada vez mais a nossa associação consolidara seu espaço caminhando a passos largos. Buscando cada vez mais qualificar seus associados e criando as oportunidades necessárias para atender as demandas da região com seriedade e qualidade, que também são características de todos os seus associados. Quero finalizar dizendo que o mérito do sucesso da RedePETRO Pernambuco é de todos os associados, que unidos conseguiram formar uma associação respeitada.” – Otávio Carvalho.


A RedePETRO Pernambuco é mantida pela união de todos que tem como objetivos  prestar serviços de qualidade, atender as demandas da região trazendo a confiabilidade  e respeito ao nome RedePETRO Pernambuco e suas associadas, sempre  valorizando parceiros, colaboradores e todos que fazem parte dessa família.

Página Relacionada: Nenhuma Página Informada

Matéria no NoticiadorWeb: Conheça a trajetória de Otávio Carvalho como presidente da RedePETRO PE

Autor: MKT PortaldoLocador.com

Data de Publicação: 19/04/2017

Esta notícia já foi visualizada 1834 vezes.

Esta notícia ainda não tem comentários.

Deixe um comentário

Nome 
E-mail 
Telefone 
Desejo receber notificações se alguém mais comentar a noticia.



Outras Notícias

Ver mais notícias
Facebook