Esqueci a senha Associe-se

Notícias

Cluster Naval e o resultado para seu negócio

Mais empregos, mais renda, mais satisfação e melhor qualidade de vida. Estes fatores acima fogem da realidade política e econômica atual do Brasil, porém se o fortalecimento dos estados, em especial o de Pernambuco, onde fica o maior estaleiro do hemisfério sul, aderissem à estratégia do Cluster, as coisas melhorariam e resultados econômicos seriam percebidos de imediato pelo empresariado local.

Mais empregos, mais renda, mais satisfação e melhor qualidade de vida.

Os fatores acima fogem da realidade política e econômica atual do Brasil, porém se o fortalecimento dos estados, em especial o de Pernambuco, onde fica o maior estaleiro do hemisfério sul, aderissem à estratégia do Cluster, as coisas melhorariam e resultados econômicos seriam percebidos de imediato pelo empresariado local.

O cluster nada mais é do que uma concentração de empresas que se comunicam por possuírem características semelhantes e coabitarem no mesmo local, colaboram entre si e, assim, se tornam mais eficientes e mais fortes. Este conceito foi popularizado pelo economista Michael Porter, em 1990, no seu livro Competitive Advantages of Nations (“As vantagens competitivas das nações”).

Nascido em 2010 com a implantação de diversos estaleiros no Estado de Pernambuco, o Cluster Naval se tornou uma esperança para diversas empresas fornecedoras deste novo mercado em franca ascensão no país.
 

Desde a criação do Cluster, indústrias locais, como a MKS Caldeiraria, associada da RedePETRO Pernambuco, investem regularmente em novas soluções para atender este segmento, adotando técnicas modernas de produção e logística, e desenvolvendo soluções customizadas.

Além disso, diversas ações estão sendo promovidas pelo Governo do Estado, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, em parceria com a Federação das Indústrias do Estado de Pernambuco (FIEP), IEL, Banco Nacional de Desenvolvimento (BNDES), entre outras instituições, para aproximar os fornecedores locais do mercado consumidor naval.

Apesar do conhecimento das vantagens trazidas, ainda assim existe resistência dos estaleiros instalados de Pernambuco em estabelecer uma parceria longa e contínua com os fornecedores da região, dificultando a consolidação do cluster, buscando fornecedores em outros estados e deixando a dúvida se as empresas que investiram na região continuarão funcionando. Ou seja, menos investimento, menos emprego e mais distante da qualidade de vida tão sonhada pelos brasileiros.

As empresas estruturantes, tais como os estaleiros, precisam adotar a mesma estratégia adotada pela indústria de fornecedores, a fim de fortalecer o mercado local, gerar empregos e trazer renda para o Estado. É hora de unir forças e garantir o crescimento e fortalecimento de Pernambuco, em todos os seus segmentos.

Página Relacionada: www.redepetropernambuco.com.br

Matéria no NoticiadorWeb: Cluster Naval e o resultado para seu negócio

Autor: Rede de Negócios de Pernambuco (RENEPE)

Data de Publicação: 01/06/2015

Esta notícia já foi visualizada 2084 vezes.

Esta notícia ainda não tem comentários.

Deixe um comentário

Nome 
E-mail 
Telefone 
Desejo receber notificações se alguém mais comenta a noticia.



Outras Notícias

Ver mais notícias
Facebook